quarta-feira, 19 de dezembro de 2007

Trabalho e deleite - Casulo de fio de ovos










Que não tem coisa melhor do que você comer uma coisa gostosa todos concordamos, e que não tem coisa melhor do que fazer algo muito difícil e ver que deu certo, também concordamos...mas juntar isso...fazer algo super trabalhoso e ainda comer depois e ser uma delícia...isso não tem preço.

Foi o que fiz hoje...uma amiga da minha mãe sabe fazer este doce dos deuses que eu jamais me atreveria a fazer sozinha sem supervisão...risos...pois precisa aprender a técnica que nenhuma receita pronta explica.

Então lá fui eu...8 da manhã com chuva para a casa dela para ter minha aula de casulo de fio de ovos. Primeiro ia aprender a fazer os fios de ovos...o que já é uma glória e depois os docinhos de fios de ovos recheados com um creme...DEMAIS.

A receita é bem simples, uma vez que só leva ovos, açúcar e água, mas a execução é que é o tcham do negócio...e que levou simplesmente 4 horas...para fazer tudo do começo ao fim...e para render 50 docinhos...que a gente come rapidinho...imaginou?

Começamos assim...são 30 ovos...4 você separa a gema da clara e separa para fazer o recheio depois (vai colocando todas as claras num pote, pois esta receita não usa as claras e você pode fazer um pudim de claras com elas depois).

Os outros 26 ovos você pega 3 inteiros e coloca numa peneira de ferro fina com uma vasilha embaixo e junta as outras 23 gemas dos outros ovos. Nesta primeira peneiragem vai demorar um pouco, porque a gente não pode empurrar com a colher, pois a intenção é desprezar a película da gema que é o que dá aquele cheiro de ovo no doce que não queremos, então damos umas batidas com a peneira para ir descendo o conteúdo e mexemos com um garfo para ir soltando a tal película.

Depois de tudo ter passado pela peneira, daí repetimos este processo mais umas 30 vezes...isso, você não leu errado, são 30 vezes mesmo, mas agora é rápido e serve só para deixar as gemas bem homogêneas e fininhas.

Enquanto faz isso vc coloca umas 800g de açúcar numa panela (e aqui vai outra dica, não use aquelas panelas de aço inox, pois eles são muito grossas e fervem muito e não servem para fazer o fio de ovos, tem que ser aquelas panelas antigas, finas mesmo...eu uso uma que tenho de derreter chocolate em banho maria) e coloca 1 copo e meio de água, mexe tudo para misturar e coloca no fogo e deixa lá sem mexer até ferver...e vai peneirando as gemas.

Coloque as gemas peneiradas dentro do famoso regador de fazer fio de ovos que vocês vão ver na foto e que se compra em lojas especializadas. Prepare uma vasilha grande ao lado da panela com outra peneira grande para escorrer os fios e uma garrafinha de água gelada. Com a calda fervendo você começa a fazer movimentos circulares despejando o fio dentro da panela e contando 30 voltas mais ou menos. (quanto mais alta a sua mão mais finos serão os fios). Quando contar 30 você joga muito pouco (uma colherzinha de chá) da água fria na panela para baixar a espuma e você enxergar os fios e diminui o fogo (se preciso desligue) e muito rapidamente com uma escumadeira, junte os fios num canto da panela como se fosse um croquete e coloque para escorrer na peneira. Pegue a água fria e jogue um pouco em cima dos fios para lavá-los e parar o cozimento. Repita este processo até acabar as gemas. (Eu devo ter feito isso umas 20 vezes, ou seja, uns 20 bolinhos de fios de ovos.

Assim que acabar, imediatamente comece a abrir os fios de ovos, pois se eles ficam fios demais fica mais difícil de abrir.
Com 2 garfos pegue os bolinhos, uma a um, e numa forma vá jogando ele várias vezes, com delicadeza e eles começam a se abrir no comprimento até ficarem compridos e soltinhos (veja a foto deles esticados na forma). Faça isso com os 20 bolinhos até que todos estejam esticados e separados, na medida do possível, com os garfos, para não ficar aqueles pelotes de fios grudados.

UFA!!! Acabou? Se você quiser só os fios de ovo...sim...acabou...

Mas daqui para frente começa o preparativo dos casulos...sei que você deve estar morrendo de rir pensando assim: “Nunca vou fazer isso” . Eu também pensava assim, mas apesar de ser tão demorado, o resultado é lindo, gostoso, é relaxante de fazer e não é tão complicado quando a gente faz. É que procuro dar bastante detalhes para vocês poderem seguir.

Mas vamos ao doce então.

Lembra aquelas 4 gemas que separamos no começo...nós também temos que peneirar elas umas 30 vezes que nem as primeiras e depois disso pegamos 1 copo da calda que sobrou na panela que cozinhamos os fios e misturamos com esta gema fora do fogo. Depois leva ao fogo mexendo sempre até começar a dar uma engrossadinha. Não pode engrossar demais pois depois de frio ele fica muito duro para rechear e tem que ser molinho, senão também corre o risco de açucarar.

Espera esta mistura esfriar um pouco e vamos pegando com um garfo os fios de ovos e colocando estendido na palma de umas das mãos, fazendo uma fileirinha da largura de um dedo ou dois. Neste fio colocamos um pouco do recheio com uma colherzinha. Depois enrolamos os fio de ovos como um mini rocambole com este recheio no meio até acabar o fio e apertando dos lados para fazer um casulo. Faça isso até acabar os fios, a minha receita rendeu 52 docinhos.

Vá colocando os docinhos todos numa forma e quando acabar pegue o líquido que ficou na travessa que escorremos os fios de ovos e que o regamos e regue todos os docinhos com vontade...pode regar bastante para ficar com calda até 1/3 da parte de baixo dos doces e leve eles somente no fornilho elétrico ou forno que tem a função de gratinar, só para dar uma leve dourada em cima.

Escorra bem a calda e daí é só colocar os docinhos nas forminhas com aquele papel plástico embaixo, pois como ele é úmido por baixo, se colocar direto na forma de papel, molha...

UFA, agora acabou...agora é só comer...e nem te conto como é bom.

No Natal faço de novo para ver se a galera gosta e se tiver algum erro de digitação no meio do caminho me desculpem, mas lembrar de todos os detalhes para escrever é tão trabalhoso quanto fazer...risos.

Marina...obrigada pelo seu tempo e paciência (e por dividir este segredo comigo).

Receita:
30 ovos
1 Kg de açúcar
1 copo e meio de água


3 comentários:

Fer Ayer disse...

Eu queria fazer fios de ovos para o Natal e nem acreditei quando vc que vc escreveu essa receita. Estava lendo feliz e atento ate' chegar a parte que precisa de uma maquina especial para fazer fios de ovos! Aonde vou achar o diacho dessa maquina por aqui? Sniff...
By marcelo - 12/20/2007 10:34 AM

Na verdade não é uma máquina...é esta espécie de regador que você vê na foto com estes 3 furinhos para despejar a gema em fio...mas não deve ser tão difícil de achar, deve ter em alguma loja especializada em artigos de cozinha, não? Se não você pode improvisar com uma lata comum ou embalagem de plástico. E faz 2 furos pequenos nas laterais...para você conseguir deitar e quando ficar de pé não vazar
By Fernanda Pereira - 12/20/2007 12:04 PM

Da maneira que foi explicado ficou muito, muito fácil, tirou todas as minhas duvidas, agora vamos para a cozinha.
Abrraços.
By Miguel Ferreira - 4/9/2008 10:55 AM

Que bom que você gostou, tentei ser o mais detalhista possível, porque sei que não é uma coisa fácil...e seja bem-vindo por aqui...
Beijos

Anônimo disse...

oi , fer

Tem maquina para fazer fios de ovos porem produz muito so serve se voce vai precisar de tipo 100 kg por dia ( www.yurimaquinas.com.br )

Eu tenho e funciona muito .

Theo

Fer Ayer disse...

Nossa Theo, que legal...custa caro?