domingo, 17 de maio de 2009

Pannacotta de Amarula





Quando fiz a minha primeira Pannacotta, tive a péssima idéia de usar Countreau, e o doce ficou com um gosto tão forte da bebida que só o Frederico conseguiu comer aqui em casa...ficou com uma consistência maravilhosa e a aparência também, mas o gosto...

Fiquei frustrada e resolvi tentar de novo, agora usando Amarula, que é uma bebida que eu adoro e bem mais suave...e desta vez sim...ficou uma delícia. Suave, bonito, na medida exata.


A receita, como da outra vez, é metade da original, como sempre, pois senão sobra muita comida por aqui, e rendeu 3 ramequins pequenos.

1 e 3/4 de folha de gelatina incolor
300 ml de creme de leite fresco
55g de açúcar
3 colheres de sopa de Amarula
1/2 colher de chá de extrato de baunilha (no meu caso dos feitos em casa)

Coloque a gelatina numa vasilha e cubra com água e deixe por 5 minutos.

Numa panela coloque o açúcar e o creme de leite em fogo baixo, mexendo sempre até o açúcar dissolver (cerca de 3 minutos). Escorra a água da gelatina e esprema bem para retirar o excesso e coloque só a gelatina na panela, sempre mexendo até a gelatina se dissolver por completo (é bem rápido). Desligue o fogo e acrescente a bebida (e eu acrescentei 2 gotinhas de corante laranja).

Despeje tudo nos ramequins e leve para a geladeira até endurecer.
Na hora de servir basta ferver um pouco de água, desligar, e passar o fundo do ramequim na pagua quente. Depois é só desenformar em um prato e decorar com a calda.

Eu decorei com a calda de xarope de romã que tenho aqui e que deu um visual lindo e o outro coloquei meu Maple de sempre.

sexta-feira, 15 de maio de 2009

Continuem acompanhando.

Eu continuo colocando aqui embaixo meus posts antigos do antigo endereço do rocambole, então sempre dê uma olhadinha nas novidades, porque eu também estou relembrando e adorando.

Estou no mês de junho do ano passado agora e com receitinhas deliciosas.
Beijos