segunda-feira, 28 de setembro de 2009

Brownie duplo de chocolate e avelãs da Simone




Não tem nem o que dizer da Simone, não foi feita absolutamente nenhuma adaptação...apenas tive que administrar a crise de perceber, tempos depois de colocado no forno, que o mesmo tinha se apagado sozinho e não sabir por quanto tempo tinha permanecido aceso...então foi no olhômetro mesmo dali por diante e acabei achando que assei demais. Poderia ter ficado mais molhadinho por dentro.

Meu chocolate derreti no banho-maria, pois não tenho microondas e deu certinho.

Ingredientes:



180 g de manteiga sem sal – coloquei 150 g
250 g de chocolate meio amargo em pedaços
4 ovos grandes – coloquei 5 pequenos
250 g de açúcar refinado – coloquei 150 g e ficou bem doce
100 g de açúcar mascavo
1/2 colher (chá) de sal
1.1/2 colher(chá) de baunilha
150 g de farinha de trigo
250 g de chocolate ao leite picadinho – coloquei cerca de 180 g de chocolate meio amargo picadinho


Modo de Fazer:



Pré-aqueça o forno a 180oC.
Forre uma assadeira tamanho 33×23cm, com papel alumínio ou manteiga, deixando sobrar bordas nas laterais -para facilitar na retirada do bolo da assadeira.
Em uma tigela apropriada para microondas, junte a manteiga e o chocolate e leve por cerca de 3 minutos, na potência média, ou até que estejam derretidos. Misture bem e reserve.
Em uma outra tigela, bata os ovos e os dois açúcares até ficar cremoso – o livro pede por batedeira, mas fiz tudo na mão. Adicione o sal, a mistura do chocolate e a baunilha. Adicione gradualmente a farinha e por último os pedacinhos de chocolate e as avelãs.
Despeje a mistura na assadeira preparada e leve para assar por cerca de 30 minutos, até firmar. O seu interior ainda deverá estar bem pegajoso, molinho…para que quando esfrie, continue cremoso.
Esfrie por completo e só então retire o brownie da assadeira. Se quiser, deixe no freezer por uns 10 minutos depois de frio. Isto facilita na hora da retirada. Sirva em temperatura ambiente

quinta-feira, 24 de setembro de 2009

15a. Harmonização Virtual do Gourmandise e Le Vin au Blog

Até que enfim, já da décima quinta edição da Harmonização Virtual, eu consigo participar...achei que já era perseguição...risos.
Explico: toda vez eu não acho algum ingrediente chave ou o próprio vinho, ou era o tempo mesmo que me consumia, mas desta vez os anjos falaram AMÉM e tudo deu certo. A não ser pelo trabalhão que dei para a Nina me achar e me mandar o email com a receita. Valeu Nina.

A sugestão era a harmonização de um prato asiático com um vinho alemão - Riesling (diferente né? mas valeu a pena).

Fiz a receita quase toda ao pé da letra, só tive que substituir 2 ingredientes.
No lugar de geléia de kinkan eu usei geléia de laranja mesmo, e no lugar do vinho de arroz, coloquei vinho branco (ambos, por não encontrar os ingredientes por aqui).

Vamos a eles:

Lombo de porco com kinkan (no meu caso com laranja):



(6 porções)
1.5 kg lombo de porco limpo
1 tsp sal
1 tsp de especiarias moídas (pimenta do reino preta moída na hora, coentro em grão e anis estrelado)
1 pimenta dedo de moça sem semente finamente fatiada (tamanho médio)
4 tbsp óleo de girassol ou milho
5 cebolinhas em pedaços de 4cm
3 tbsp de vinho de arroz chinês (Shao Shing)
2 tbsp de shoyu
água quente q.b.
2 tsp de gengibre ralado
4 tbsp de geleia de kinkan ou laranja
2 tsp de amido de milho
1 clara de ovo



Modo de preparo:

Corte o lombo em cubos de 2,5cm. Tempere com as especiarias e o sal. Deixe descansar por 15 minutos. Una a clara de ovo e o amido. Deixe repousar por 5 minutos.
Aqueça bem 3 tbsp de óleo em panela de fundo grosso ou wok. Doure os cubos de lombo. Remova da panela e mantenha aquecido.
Aqueça o óleo restante na panela e salteie a cebolinha e a pimenta vermelha por alguns segundos. Volte o lombo, una os líquidos (vinho, gengibre e shoyu) e a geleia, deixando a água por último.
Em fogo baixo, cozinhe acrescentando a água quente aos poucos, até a carne ficar tenra e obter uma quantidade razoável de molho.




Caprichamos na decoração, afinal era nossa primeira harmonização...





Confesso que comida agridoce não é muito minha favorita, gosto das sensações de doce e salgado separadas, mas mesmo assim achei tudo uma delícia.
O prato, apesar de vários ingredientes e temperos, é bem simples de se preparar. O cheiro e sabor da pimenta, anis estrelado e gengibre, misturados com a carne e a geléia deram um tom meio picante no prato, o que combinou super bem com o vinho que é branco, com sabor bem suave e parecia refrescar a boca depois de cada garfada. SUBLIME.

Já estou esperando a próxima harmonização...assim quem sabe aprendo mais sobre vinhos, pois neste assunto me considero ainda uma leiga.



terça-feira, 22 de setembro de 2009

Limão siciliano no sal




Lá vem o limão siciliano de novo...desculpem, mas eu os AMO!!!

Dia destes assistindo o Claude Troisgros na GNT, presenciei uma novidade. Ele fazia uma receita de Kafta, mas como um dos temperos e especiarias usava a casaca de um limão siciliano finamente picado que tinha tirado de uma espécie de conserva. E daí explicou como fazer esta conserva, o que achei mais uma maneira maravilhosa de usar este ingrediente que eu tanto amo.

Mais simples impossível.




Corte os limões em 4 pedaços, coloque em um vidro e cubra de sal. Ponha o pote fechado na geladeira por no mínimo um mês e mexa de vez em quando.

Quando precisar pegue a quantidade desejar, lave bem em água corrente para tirar o sal e tire o meio do limão, usando só a casca (que agora parece cozida) para usar nas suas receitas.

Mais que depressa corri para fazer o meu, que agora está lá na geladeira, impaciente, esperando um mês para ser usado.

segunda-feira, 21 de setembro de 2009

Pudim de limão do Chucrute.





Há algum tempo atrás estava visitando os blogs que leio sempre e vi esta receita no Chucrute e imediatamente fiquei salivando. Tinha tudo o que eu gostava: limão siciliano, novidade, azedinho e doce.



Então resolvi fazer no mesmo dia aquela receita, mas só agora consegui postar. O que posso dizer é que é maravilhosa, pois é um doce simples e diferente, tem uma textura leve e cremosa.


DIVINO!!!





1/2 xícara mais 2 colheres de sopa de açúcar
3 ovos grandes, gemas e claras separadas
1/4 xícara de farinha de trigo
1/4 xícara mais 2 colheres de sopa de suco de limão
2 colheres de sopa da casca do limão ralada
3/4 xícara mais 2 colheres de sopa de leite integral
1/4 colher de chá de sal


Pré-aqueça o forno em 350ºF/ 176ºC. Unte seis potinhos com manteiga. Misture 1/2 xícara de açúcar, as gemas, a farinha, o suco e raspas do limão numa vasilha grande e bata bem. Junte o leite e bata novamente. Na batedeira, coloque as claras e o sal e bata bem, junte 2 colheres de sopa de açúcar e termine de bater até formar picos. Adicione delicadamente as claras batidas na mistura de limão em duas partes. Divida a mistura entre os 6 potinhos e coloque sobre uma forma com água até a metade dos potinhos. Leve ao forno por 30 minutos, ou até que os pudins fiquem levemente dourados. Remova da forma com água e deixe esfriar um pouco. Sirva morno ou frio.

terça-feira, 15 de setembro de 2009

O pão nosso de cada dia...


Este me deixa feliz, porque me permite fazer variações de todo tipo: com ervas, canela, mel...o que for. Basta misturar o que quiser e ele muda de cor e sabor e continua macio e gostoso.



Receita muito antiga do Globo Rural.
20G DE FERMENTO FLASHAMAN

1/3 DE XICARA DE ÓLEO
1 OVO
1 COLHER DE SOPA SE SAL
1 COLHER DE SOPA DE AÇUCAR
2 XICARAS DE LEITE MORNO
3 COLHERES DE SOPA DE ERVAS FINAS
4 XICARAS E ½ DE FARINHA DE TRIGO
BATER TODOS OS INGREDIENTES NO LIQUIDIFICADOR, MENOS O TRIGO.
DESPEJAR O LIQUIDO EM UM RECIPIENTE GRANDE E IR JUNTANDO O TRIGO AOS POUCOS, MEXENDO COM UMA COLHER.
NO FIM DAS 4 XICARAS E ½ , ACRESCENTAR TRIGO AOS POUCOS E IR SOVANDO COM A MÃO, ATE DAR PONTO.A MASSA FICA UM POUCO GRUDENTA. RENDE 2 PÃES DE FÔRMA.

quarta-feira, 9 de setembro de 2009

Gelado de morango com manjericão.


Sei que a chuva tá braba e a época de gripe também, eu mesma estou com criança gripadíssima em casa.
Mas há 2 semanas atrás estava um sol tremendo, daqueles que você abre a janela e pensa: "Eba, o verão chegou".
Foi num dia destes que abri o armário e resolvi tirar o pó da minha sorveteira que já estava até carente, mas eu só tinha morangos e não aguentava mais fazer sempre o sorvetão básico.
Fuça aqui e ali e vê esta receita da Fer que me fez pensar...será que fica bom? será que não é esquisito?
É lógico que daí tive que fazer de qualquer jeito né...curiosidade mata e tenho um pé lindo de manjericão lá me olhando prá que?
A receita eu modifiquei só uma coisinha:
Morangos a gosto
Folhinhas de manjericão fresco a gosto
1 xícara de creme de leite fresco
1/2 xícara de leite integral
Maple Syrup (porque eu não tinha mel, que relapso)
1 colher de sopa de vodka
Bater tudo no liquidificador e levar à sorveteira.
Eu achei que não ficou cremoso, mas acho que esta é a proposta do gelado, não ser cremoso como o sorvete, mas eu prefiro o cremoso mesmo...risos.
Mas o sabor é incrível, aprovadíssimo.

sábado, 5 de setembro de 2009

Continuando na simplicidade.


Salada caprese...tudo de bom. E com manjericão plantado aqui em casa mesmo.