segunda-feira, 22 de setembro de 2014

Bolo de chocolate e azeite pro meu retorno.



Fazia muito tempo que eu não aparecia por aqui não é? Mas não posso dizer nem que foi só a falta de tempo, acho que foi falta de vontade também. As tarefas do dia-a-dia tiraram minha energia por algum tempo pra me dedicar à minha cozinha, mas aos poucos eu vou voltando. 
Não que não tenha feito nada nestes últimos tempos, até fiz, mas e a preguiça de fotografar e me sentar aqui pra escrever?
Hoje volto com este bolo diferente, muito prático e que me conquistou pela leveza e pelo sabor.
Achei a receita no último livro da Nigella, então não precisa dizer que além de gostoso é muito simples de fazer como o estilo dela.

Ingredientes:
- 150 ml de azeite;
- 50g de cacau em pó de boa qualidade;
- 125 ml de água fervente;
- 2 colheres de chá de baunilha;
- 150g de farinha de amêndoas (para a versão sem glúten) ou 125g de farinha de trigo comum (para a versão com glúten pra quem não tem intolerância);
- 1/2 colher de chá de bicarbonato de sódio;
- 1 pitadinha de sal;
- 200g de açúcar;
- 3 ovos.

Modo de preparo:
Pré-aqueça o forno a 170 graus.

Numa vasilha peneire o trigo, o bicarbonato e o sal e reserve.

Ferva a água e jogue por cima do cacau de pó peneirado e vá misturando até ficar homogêneo e depois junte a essência de baunilha e deixe esfriar.

Peneire o açúcar no recipiente da batedeira e junte o azeite e os ovos e deixe bater vigorosamente por 3 minutos até ficar um creme bem clarinho.
Diminua a velocidade e vá jogando a mistura de chocolate.
Quando estiver bem homogêneo coloque a mistura de farinha bem aos poucos e não esqueça de parar a batedeira se preciso pra raspar o trigo que fica nas laterais e bater tudo de novo.

Unte uma fôrma com azeite e coloque uma folha de papel manteiga no fundo dela. Despeje a massa e leve ao forno por cerca de 35 minutos (a receita pedia mais tempo, mas dizia que o teste do palito não deveria sair limpinho, e sim com um pouco de farelo do bolo pra ficar no ponto de ficar um bolo molhadinho por dentro, então o meu foram 35 minutos).


Depois de assado deixe resfriar na própria fôrma, em cima de uma grade de bolo por uns 10 minutos e depois desenforme com muito cuidado pois a massa é bem leve e pode quebrar. (se usar fôrma de aro removível deve ser mais fácil, mas eu não gosto).

Depois de pronto de quiser polvilhe com açúcar de confeiteiro e é só se deliciar com um bom café pra acompanhar.

E olha como ficou igual ao livro #orgulhosíssima #nigelissima




Fiquei muito feliz com o resultado da receita (um sabor e textura bem diferentes) e também de ter voltado à ativa. estava com saudades. Deixe seus comentário aí no post pra eu saber o que você achou desta novidade.





4 comentários:

Yolanda disse...

Ótimo retorno, belo bolo, parabéns, bjs.

Fernanda Ayer disse...

Obrigada Yolanda, agradecida. Beijos

Zézinha disse...

Um regresso em grande, com um bolo magnifico. Parabéns.

Fernanda Ayer disse...

Zézinha, muito obrigada e daqui a pouco tem mais uma novidade aqui...