terça-feira, 10 de fevereiro de 2015

Torta de liquidificador sem glúten e meu recém diagnóstico

Pelo título do post vocês já devem fazer uma vaga idéia que a pessoa que vos fala foi diagnosticada com doença celíaca há pouco mais de 2 semanas, isso mesmo minha gente, justo eu que gosto tanto de cozinhar e comer, fazer o que né?
Não vou ficar reclamando não, afinal o que é meu está guardado por algum motivo, então vou à luta. Assim que peguei o exame da biópsia a antes mesmo de falar com o médico já tomei a decisão de cortar o glúten, no meu caso por necessidade, e não por dieta ou moda. e agora vocês terão aqui muitas idéias e novidades para celíacos ou não, afinal qualquer um pode comer uma comida gostosa sem glúten, certo?

A primeira tentativa de receita foi um desastre, fiquei doente pra comer um bolo com café da tarde, mas a receita que peguei (marinheira de primeira viagem) ficou tão ruim que foi pro lixo sem ao menos ser experimentado, não dáva pra colocar aquilo na boca.

Me decepcionei e achei que estava perdida com as receitas sem glúten, mas resolvi encarar de novo e fiz esta receita para o aniversário da minha mãe, afinal ia ter salgadinhos (não posso comer), bolo de aniversário (também não posso comer), então tinha que me virar. Confesso que foi delícia e comi a torta com um vinho branco bem geladinho....:) porque vinho pode eeeeeeeeeeeeeeeee.




Melhor parte é que é prática, porque é de liquidificador, e vc pode usar o recheio que estiver sobrando em casa.
Só tome cuidado pra não colocar recheios muito pesados, porque a massa da torta fica bem líquida mesmo (não estranhe) e o recheio pesado ia acabar queimando no fundo.
Por ser muito líquida também a massa, você deve usar o forno mais fraco do que de costume, para dar tempo de assar tudo e não queimar o fundo ok?
E por último, acho bom dizer que como tem amido de milho na massa, bata muito bem no liquidificador, pois senão podem ficar algumas "bolotas" de amido sem dissolver depois.

Vamos ao pecado:

Massa
3 ovos
meio litro de leite
sal à gosto 
noz moscada à gosto (coloquei bem pouquinho e aqui você pode variar com temperos do seu gosto pessoal)
1 xícara de fubá
200 gramas de amido de milho (maizena)
1 xícara de óleo
1 colher de sopa de fermento em pó
queijo ralado para polvilhar por cima

Preparo
Bata tudo muito bem no liquidificador deixando o fermento por último. Só no final coloque o fermento e bata bem pouco só pra ele misturar com o líquido.

Coloque metade da massa em uma forma refratária untada com óleo de soja e amido de milho, depois coloque o recheio e cubra com o resto da massa, polvilhando com queijo ralado por cima.

Eu coloquei no recheio uma lata de atum espalhada pela torta, milho de lata também espalhado e palmito picado (claro que nada disso tem glúten) ufa!!!

Leve ao forno pré-aquecido por mais ou menos 35 minutos até dourar. Depois vai pro abraço porque celíaco também tem que ser feliz em festa de aniversário né gente.





Nenhum comentário: